Favelas do Rio têm mais de 10 mil casos de Covid-19 confirmados, segundo o Voz das Comunidades

Felipe Grinberg
·2 minuto de leitura
Foto: Domingos Peixoto / 29.05.2020 / Agência O Globo

Levantamento do portal “Voz da Comunidades” mostra que as favelas cariocas ultrapassaram a marca dos 10 mil casos confirmados de Covid-19, além do registro de 964 mortes pela doença. As tristes estatísticas em comunidades devem ser ainda maiores, já que esses números são referentes a apenas 25 comunidades. A prefeitura só divulga os casos de específicos daquelas que são consideradas bairros, como a Maré, o Complexo do Alemão e a Rocinha.

No mapa epidemiológico divulgado nesta sexta-feira (8) pela Prefeitura do Rio, quase toda a Zona Sul aparece com risco alto de contágio. A Rocinha, no entanto, chama atenção por ser a única região do entorno classificada como de risco moderado. Os dados do município apontam ainda que Complexo do Alemão, Complexo da Maré, Jacarezinho e Cidade de Deus também são consideradas áreas de risco moderado.

Para o epidemiologista Guilherme Werneck, professor da Uerj e vice-presidente da Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco), ainda é preciso esperar dados mais concretos para entender se há um comportamento diferente da doença nas favelas ou se há uma grande subnotificação por conta da falta de assistência médica nessas regiões:

— Tivemos um momento em que situação deteriorou rapidamente e houve uma pressão grande no sistema de saúde, mas ainda bem que não vivemos o pior cenário. Pode ser que a população esteja com um grau individual de cuidado maior, como o uso de máscaras e distanciamento, assim evitando que a pior situação ocorresse. Vamos precisar entender melhor no futuro o que aconteceu. Temos sempre que pensar na dinâmica da transmissão que não é comum para todos os lugares. Você pode estar tendo um efeito primeiro nos bairros vizinhos que ainda não foi sentido nos números e irá aparecer em breve.

Segundo o levantamento do “Voz das Comunidades”, foram confirmados 10.068 infecções pelo novo coronavírus nas 25 favelas mapeadas pelo portal. O Complexo da Maré é onde houve um maior número de mortes pela doença: 142.

O Estado do Rio chegou nesta sexta-feira a 454.275 casos confirmados de Covid-19 e a 26.480 mortes pela doença. A média móvel de óbitos ficou em 125 por dia — a última vez que o estado teve este índice foi há mais de seis meses. Como houve um aumento de 108% em relação à média registrada 14 dias atrás, o cenário é considerado de alta no contágio — para ser classificado como estabilidade, a variação não pode ser superior a 15%.