Árvore gigante de 535 anos é derrubada para fazer cerca

Espécie é rara e está em extinção (Foto: Polícia Militar Ambiental de Santa Catarina)

RESUMO DA NOTÍCIA

  • Imbuia, árvore símbolo de Santa Catarina, está em extinção

  • Árvore era alta como um prédio de dez andares e tinha três metros de diâmetro

Policiais militares ambientais de Santa Catarina encontraram uma cena trágica em um terreno na cidade de Vargem Bonita: uma árvore gigante em extinção foi derrubada para virar uma cerca. Ela tinha a altura de um prédio de dez andares, e era preciso juntar seis pessoas para abraçar todo o seu diâmetro.

A árvore era uma Imbuia, espécie em extinção que é símbolo do estado. É a maior das araucárias, também conhecida como “pinheirão”. O crime ambiental aconteceu em fevereiro de 2018, mas só agora pesquisadores conseguiram determinar a idade da árvore derrubada, e atestaram que ela nasceu há mais de 535 anos – antes da chegada de Pedro Álvares Cabral ao Brasil.

Leia também

Por ser uma espécie em extinção, são proibidos "coleta, corte, transporte, armazenamento, manejo, beneficiamento e comercialização" da imbuia. Uma exceção é feita para os "exemplares cultivados em plantios devidamente licenciados", o que não era o caso da árvore cortada em Vargem Bonita.

O policial militar ambiental Teylor Comunello conta que sentiu tristeza ao encontrar a árvore rara no chão. Agora, ela está exposta na sede da Polícia Ambiental de Santa Catarina, na cidade de Joaçaba, para fins educativos.

“Nunca tinha visto uma árvore assim, desse tamanho, cortada desse jeito. É bem triste porque, além de ser uma espécie ameaçada de extinção, é centenária e rara. Um desperdício."

Árvore cortada está exposta em frente à sede da Polícia Militar Ambiental para fins educativos (Foto: Polícia Militar Ambiental de SC)

O policial estima que o valor da madeira da imbuia giraria em torno de R$ 4 mil, se fosse transformada em estaca de cerca, ou passar de R$ 20 mil caso fosse vendida à indústria madeireira. O preço alto se deve ao fato de que a madeira é resistente a intempéries.

O valor de mercado superaria o da multa aplicada ao dono do terreno: R$ 12.750. A multa é referente à derrubada não só da imbuia, mas também de outros 16 exemplares de araucária (Araucaria angustifolia, ou pinheiro-brasileiro), que também está em extinção.

A Polícia Ambiental informa que as árvores foram derrubadas sem o conhecimento dos proprietários do imóvel, mas eles receberam a multa por serem, em última instância, os responsáveis pelo terreno. Nenhum outro suspeito foi identificado.

Multa por derrubada de 17 árvores ameaçadas de extinção foi de R$ 12.750 (Foto: Polícia Militar Ambiental de SC)