Fazer muito xixi a noite é normal? Entenda o que pode estar acontecendo

Ana Beatriz Rosa

Fazer muito xixi à noite te incomoda? A frequência que cada pessoa urina varia bastante e depende de vários fatores. Em média, é comum sentir vontade de ir ao banheiro de 4 a 7 vezes durante o dia.

No entanto, algumas pessoas sentem uma maior necessidade de fazer xixi, principalmente no meio da noite. Quando isso acontece com mais frequência do que o normal, pode ser um sinal de alerta. Não importa a quantidade de vezes que você vai no banheiro, o mais importante é você notar os sinais que causam algum desconforto na sua rotina.

Entenda: 

 

Bexiga pequena

Existem duas razões possíveis pelas quais você urina com mais frequência. Uma delas é ter uma bexiga pequena que não dá conta de reter tanto líquido. Outra razão é que seu corpo simplesmente produz muita urina. Preste atenção nos tipos de alimentos e bebidas que você consome antes de deitar. Isso pode te ajudar a acordar menos durante a noite.

 

Infecção

Outro ponto importante que você deve prestar atenção é se não há uma infecção. Um sintoma comum é sentir ardência ou dor na hora de fazer xixi. Em alguns casos, você também pode ter febre. Nestes casos, é importante procurar um médico.

 

Idade e sexo

À medida que você envelhece, seu corpo produz menos hormônios antidiuréticos que te ajudam a equilibrar a vontade de urinar. No entanto, aqueles que enfrentam problemas de saúde, como ter uma próstata aumentada no caso dos homens ou até a menopausa para as mulheres, é mais provável que você tenha mais vontade de fazer xixi à noite.

O pós-parto também pode ser um momento de atenção. As mulheres tendem a ficar com os músculos da pélvis menos contraídos e isso faz com que sinta a necessidade de fazer mais xixi.

 

Uso de remédios

Alguns medicamentos causam maior retenção de líquidos no seu corpo. Quando isso acontece, você sente a necessidade de urinar mais. Para evitar fazer xixi durante a noite, você pode ingerir o comprimido no início do seu dia.

 

Noctúria

A...

Continue a ler no HuffPost