Fechadas por coronavírus, academias liberam exercícios on-line para todos

Maíra Rubim

RIO — A expressão milenar “mente sã, corpo são” parece fazer mais sentido ainda em tempos de quarentena para conter o coronavírus. Com as academias fechadas por medidas de segurança, a solução para liberar endorfina é malhar em casa. Para não deixar seus alunos sem orientação, vários estabelecimentos estão oferecendo treinos on-line gratuitamente.

A Bodytech liberou seu aplicativo BTFIT até o dia 31 para o público em geral. Dudu Netto, diretor técnico da academia, explica que a ação não visa a atrair mais assinantes para o app:

— Para quem está acostumado a treinar, interromper as atividades pode ser devastador, não só mentalmente, mas também para o sistema imunológico. Sem falar do estresse. Neste momento, as pessoas precisam de uma válvula de escape. Liberamos inicialmente por 15 dias, mas pode ser que esse período se estenda.

A Smart Fit disponibilizou em seu site (smartfit.com.br/treineemcasa) treinos de até 30 minutos em português e espanhol. Entre as opções, exercícios de hipertrofia, emagrecimento e funcionais. As marcas FitDance e Les Mills, que oferece treinamentos como body combat, também vão publicar seus treinos no site da academia.

— O fortalecimento do sistema imunológico ajuda a combater patologias — diz Luiz Carnevalli, diretor técnico da rede Smart Fit.

A Iron Box mantém contato com os alunos via WhatsApp, e posta diariamente no Instagram treinos abertos a todos. A Rio Sport faz o mesmo, assim como a Exata Fit, que usa como plataforma seu canal do YouTube, o Exata Fitness.

A The Place está divulgando conteúdos no IGTV do Instagram. Professores gravam os vídeos em casa.

— A ideia é mostrar que os exercícios podem ser feitos em qualquer lugar, pois usam o peso do corpo. Pretendemos fazer lives — diz Luiza Torelly, gerente de comunicação da academia.

A gerente comercial Juliana Sampaio faz os treinos on-line da The Place:

— Na sala de casa, eu e meu marido treinamos juntos, com os vídeos. Estamos dividindo essa energia de não nos entregarmos e manter o foco.