Federação de futebol dos EUA apresenta contratos de trabalho iguais paras os times feminino e masculino

·1 minuto de leitura

A federação de futebol dos Estados Unidos anunciou na terça-feira que ofereceu contratos de trabalho idênticos para os times feminino e masculino. As jogadoras da seleção reclamam há anos do pagamento inferior apesar de uma performance superior a dos homens, com quatro títulos em Copas do Mundo e quatro medalhas de ouro olímpicas. A equipe chegou a recorrer à Justiça solicitando uma remuneração igualitária, mas teve o pedido negado em 2020.

Em comunicado, a federação ressaltou que "acredita que a decisão é a melhor para todos os envolvidos e para o futuro do esporte nos Estados Unidos".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos