Federação Internacional de Skate 'retira' mundial do Brasil

Federação não permitirá que organização do evento sirva como seletiva do skate para as Olimpíadas.
Federação não permitirá que organização do evento sirva como seletiva do skate para as Olimpíadas. Foto: (CARL DE SOUZA/AFP via Getty Images)

Os campeonatos mundiais das modalidades street e park, que renderam medalhas de prata para os representantes brasileiros do skate nos Jogos Olímpicos de Tóquio, realizados em 2021, que seriam realizados no mês de outubro deste ano não terão mais o título e a relevância de um torneio mundial.

Isso porque a World Skate, federação internacional da modalidade, decidiu retirar a chancela do campeonato, que iria servir como seletiva para os Jogos Olímpicos de Paris, de 2024, por causa de, segundo comunicado divulgado pela entidade, "incapacidade financeira para cumprir os termos e condições do Memorando de Entendimento firmado entre a World Skate e os organizadores".

Leia também:

No comunicado emitido pela entidade, é dito que no dia 27 de agosto deste ano havia sido assinada uma resolução que cobrava da organização do evento o pagamento da primeira parcela à World Skate, referente ao pagamento das premiações para os atletas.

Em nota oficial emitida, o STU informou que: "por divergências conceituais, que passam pela negligência, despreparo e arbitrariedade da Federação Internacional, a Plataforma STU não chegou a um acordo com a World Skate para a realização dos Mundiais no Rio de Janeiro, mas seguirá, com o apoio da Confederação Brasileira de Skate (CBSk), a sua trajetória de promover o melhor para o skate e todo o seu ecossistema".

As competições serão realizadas na Praça Duó, no Rio de Janeiro, com organização do STU. De 2 a 9 de outubro, será disputada a modalidade park, onde nomes como Pedro Barros, Pedro Quintas e Heimana Reynolds têm presença quase garantida. Já na semana seguinte, de 9 a 16 de outubro assim que o park terminar, Rayssa Leal, Nyjah Huston, Luan Oliveira e Pâmela Rosa entrarão na disputa do skate street.