Federer abandona Roland Garros: 'Caminho para a recuperação'

·1 minuto de leitura

O tenista suíço Roger Federer anunciou, neste domingo, que não irá continuar a disputar Roland Garros. A notícia pegou o público e a organização do torneio de surpresa, após a vitória dele contra o alemão Dominik Koepfer, em um jogo de 3h35 de duração.

"Após conversar com meu time, decidi que precisarei me retirar de Roland Garros hoje. Após duas cirurgias no joelho e mais de um ano de reabilitação, é importante escutar meu corpo e garantir que não vou me forçar demais muito rápido no caminho para a recuperação. Estou feliz por ter conseguido disputar três partidas. Não há sensação melhor do que estar em quadra", informou o Federer, por meio de uma declaração.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos