Feira do vinil em Laranjeiras tem DJs, show de jazz e atividades infantis

Oito horas de som non stop. Assim promete ser a Gira Música, cuja sétima edição acontece amanhã, do meio-dia às 20h, na Casa da Polônia, em Laranjeiras. Trata-se de uma mistura de feira de vinil com gastronomia, brechó, lançamentos de livros, atrações infantis (oficinas de slime, massinha e pintura), shows e DJs.

Em Madureira: Cinema, música, exposições e moda são destaques de projeto cultural gratuito

Para os amantes do vinho: Clube House, no Jockey, recebe o Sparkling Festival

— Tenho mais de seis mil discos, frequento feiras de vinil e percebia que as pessoas costumavam ir com pressa, só para comprar. E quis proporcionar experiências. Percebo um público muito família, que passa o dia na Gira Música — afirma Andre Costenplatte, idealizador do evento e também da feira Carioquíssima, que reúne moda, gastronomia, arte e música mensalmente na Urca.

Às 16h, a cantora de jazz inglesa FolaKemi faz pocket show com o guitarrista e baixista Marco Bombom. Às 17h, o DJ Memê apresenta o primeiro episódio da série documental “Classics reboot vol. 1” e músicas do disco homônimo, com remixes de clássicos brasileiros dos anos 1980 e 1990, como “Fullgás”, de Marina Lima, e “Óculos”, dos Paralamas do Sucesso.

Das 16h às 19h, o jornalista e crítico de música Mauro Ferreira autografará seu novo livro, “Cantadas” (Garota FM Books), com perfis de 35 grandes cantoras brasileiras.

— De estrelas da MPB, como Gal e Bethânia, a divas do funk, como Anitta e Ludmilla. O livro marca meus 35 anos de jornalismo musical — diz ele.

Ferreira frisa que esta obra é diferente da lançada por ele em 2013 "Cantadas – A sedução da voz feminina em 25 anos de jornalismo musical", que não se trata de uma edição revista e ampliada:

— Sao textos inéditos. Quis manter o título porque acho que a cantora vai para o palco para seduzir, com a voz, com o repertório.

A entrada é franca, basta levar um quilo de alimento não perecível.