Felipe D'Avilla, com R$ 24 milhões de patrimônio, se diz 'um cidadão qualquer'

O candidato Felipe D'Avilla, do NOVO, tem maior patrimônio entre os candidatos. (Foto: Reprodução)
O candidato Felipe D'Avilla, do NOVO, tem maior patrimônio entre os candidatos. (Foto: Reprodução)
  • Declaração foi feira no primeiro debate presidencial, que ocorreu neste domingo

  • Candidato do Novo é seguido pelo candidato do Pros, Pablo Marçal, que declarou R$ 16,9 milhões

  • Felipe D'Avilla se vangloriou de não viver de governo, mesmo concorrendo a um cargo público

Com o maior patrimônio declarado entre os candidatos à Presidência da República, Felipe D’Avilla (NOVO) se apresentou no debate da TV Bandeirantes, UOL, Folha de S. Paulo e TV Cultura, que aconteceu neste domingo (28), como um “cidadão como outro qualquer”.

O empresário declarou R$ 24,6 milhões à Justiça Eleitoral. Destes, R$ 20 milhões são de participações em empresas, R$ 3,1 milhões em imóveis e R$ 238 mil em aplicações financeiras de renda fixa.

Ele é seguido pelo candidato e também empresário Pablo Marçal (Pros), que declarou R$ 16,9 milhões. O terceiro candidato com maior patrimônio é Luiz Inácio Lula da Silva (PT), com R$ 7,4 milhões.

Mesmo disputando um cargo governamental, D’Avila se vangloriou durante o debate deste domingo de não viver “nem de política, nem de governo”. Para ele, o Estado é “caro e ineficiente”.

Um dos gastos que ele considera dispensáveis é o Fundo Eleitoral, que é a principal fonte de recursos para partidos garantirem a participação no pleito. Ele foi lembrado sobre a função do Fundo pela candidata Soraya Thronicke (União Brasil).

Veja como foram as últimas pesquisas eleitorais de 2022:

“Candidato, nem todos têm o patrimônio que o senhor tem, que muitos doadores da campanha de vocês têm, para tocar uma campanha, que é muito cara”, respondeu a candidata a D’Avilla, em uma pergunta sobre o Fundo Eleitoral. “Se nós não tivéssemos o Fundo Eleitoral para financiar a democracia, nós, principalmente mulheres, jamais teríamos acesso à política.”