Felipe D'Avila busca se mostrar como herdeiro dos votos de Moro

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O pré-candidato à Presidência Felipe D’Avila (Novo) vem investindo em se tornar o destinatário de ao menos uma parte dos votos que eram do ex-juiz Sergio Moro (União-PR) e ficaram órfãos com sua desistência da corrida presidencial.

"Moro é um cidadão honrado, que bateu de frente com o sistema e com quem divido a trincheira do combate ao populismo e à corrupção", escreveu em suas redes sociais.

Mais aberto a alianças, D'Avila intensificou nas últimas semanas os contatos com outras forças políticas. Recentemente, acompanhado do presidente da legenda, Eduardo Ribeiro, ele jantou na casa de Gilberto Kassab com parte da cúpula do PSD.

Também reuniu-se com o ex-presidente Michel Temer (MDB), que disse que sua participação na eleição é uma contribuição importante para o debate político.