Felipe Melo já tem 18 amarelos, dois vermelhos e sete suspensões no ano

Volante foi expulso no início e Verdão jogou contra o Cerro Porteño com um a menos por mais de 90 minutos (Fernando Dantas/Gazeta Press)

O Palmeiras correu enorme risco de ser eliminado da Libertadores depois da expulsão de Felipe Melo, com apenas três minutos do jogo com o Cerro Porteño. E o volante tem números que fazem dele, de longo, o jogador mais indisciplinado do Verdão na temporada. E uma bomba-relógio que pode explodir a qualquer momento.

Você já viu o novo app do Yahoo Esportes? Baixe agora!

Com o vermelho desta quinta-feira, Felipe Melo já soma 20 cartões em 36 jogos em 2018 – foram 18 amarelos e dois vermelhos. Pior do que isso: diante do Colo Colo, nas quartas de final da Libertadores, ele terá de cumprir suspensão pela sétima vez no ano. Por causa do acúmulo de três amarelos, também não jogará a primeira semifinal da Copa do Brasil contra o Cruzeiro.

Felipe Melo tem mais partidas com cartão do que sem desde o início da temporada – ele foi advertido em 20 jogos, tendo ido para o vestiário sem amarelo ou vermelho em 16 oportunidades.

Ídolo do torcedor, pelo menos até a expulsão maluca diante do Cerro, o volante chegou a colecionar cartões amarelos em seis partidas seguidas, diante de América-MG, Sport, São Paulo, Grêmio, Flamengo e Santos.

Com um a menos durante praticamente todo o confronto com o Cerro, o Palmeiras chegou a correr risco de ter de decidir a vaga nos pênaltis. É que o time de Felipão levou um gol no começo do segundo tempo e passou sufoco desde então.

OS NÚMEROS DE FELIPE MELO EM 2018:
– 36 jogos
– 18 amarelos
– 2 vermelhos
– 7 suspensões

NA COPA DO BRASIL:
– 4 jogos
– 3 amarelos
– 0 vermelho

NO BRASILEIRÃO:
– 13 jogos
– 9 amarelos
– 0 vermelho

NA LIBERTADORES:
– 6 jogos
– 2 amarelos
– 1 vermelho

NO PAULISTÃO:
– 13 jogos
– 4 amarelos
– 1 vermelho

Leia mais:
– Queixo de Pedro deve lhe causar muitas contusões
– Especialistas comentam sobre expectativa de brasileiros na Europa
– CR7 vai marcar toneladas de gols pela Juve, diz Camoranesi