Felipe Neto celebra arquivamento de processo por corrupção de menores “processo absurdo”

·1 minuto de leitura

Resumo da notícia

  • Felipe Neto usou suas redes sociais para falar sobre o processo

  • O youtuber foi processado em novembro de 2020

  • Essa não é a primeira vez que o influencer é indiciado pela Polícia Civil do Rio de Janeiro

Felipe Neto comemorou nesta quinta-feira (3), em suas redes sociais, o arquivamento de um processo movido contra ele no Tribunal de Justiça (TJ-RJ) por corrupção de menores. Em novembro de 2020, o youtuber foi indiciado pela Polícia Civil do Rio de Janeiro por supostamente divulgar conteúdo impróprio para menores em seu canal.

Neto postou em seu Twitter “Mais um capítulo da campanha de ódio contra mim foi encerrado hoje. O processo absurdo e cruel contra mim, alegando corrupção de menores, foi arquivado em definitivo.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

A decisão veio pela juíza Daniella Alvarez Prado, nesta quarta-feira, da 35ª Vara Criminal, ordenando o arquivamento. Conforme o parecer, não foi encontrado nenhuma evidência no inquérito.

Já não é a primeira vez que o Youtuber é alvo de inquérito aberto. Em maio, ele foi intimado novamente pela Polícia Civil para depor sobre um suposto crime previsto na Lei de Segurança Nacional. Após, chamar o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) de “genocida”.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos