Felipe Neto denuncia vídeo falso em que reage à morte de George Floyd: "Nojento"

Felipe Neto denuncia vídeo falso em que reage à morte de George Floyd:
Felipe Neto denuncia vídeo falso em que reage à morte de George Floyd: "Nojento" (Foto: Reprodução/YouTube)

Felipe Neto revelou em suas redes sociais, na noite de sexta-feira (17), que processará os responsáveis por um vídeo falso em que o youtuber e empresário reagia à morte de George Floyd, homem negro morto pela polícia em maio de 2020.

Nas imagens, recortadas de um dos vídeos de Neto e compartilhada nas redes sociais após a alteração, Floyd aparece sob o joelho do policial Derek Chauvin, que o matou estrangulado enquanto o homem pedia por ajuda. Na sequência, dá para ouvir a suposta voz do youtuber dizendo: "Agora ele morre, e ele é preto".

"Já estou ciente da montagem nojenta que fizeram, pegando um trecho de uma live minha e fazendo parecer que eu estava reagindo à execução do George Floyd", escreveu Neto no Twitter. "[Minha] equipe jurídica já está salvando tudo e abriremos processos criminais contra os envolvidos."

O empresário também respondeu ao autor da publicação em que aparecia o vídeo, agora já deletada. "Vamos ver se você é corajoso assim no tribunal", escreveu Neto. O responsável se identifica como Luis Felipe nas redes e, em sua descrição, diz que é "nacionalista e cristão".

Alertado por um seguidor sobre a possibilidade de o autor tentar sumir da rede social para que não seja achado, o youtuber ainda garantiu que está acostumado com esse tipo de situação: "Não precisa se preocupar, minha equipe está acostumada. Ele pode deletar a conta, mudar de estado, trocar de nome... A gente acha", afirmou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos