Felipe Neto e vacina contra Covid são alvos de fake news após morte de Marília Mendonça; entenda

·1 min de leitura

Perfis nas redes sociais se aproveitaram da morte de Marília Mendonça para disseminar mentiras envolvendo a queda do avião em que a cantora estava e a vacina contra a Covid-19. As fakes news a respeito do trágico acidente também miraram o youtuber Felipe Neto.

Marília morreu na sexta-feira à tarde quando a aeronave de pequeno porte em que estava caiu, em Caratinga, Minas Gerais, onde faria um show mais tarde. As cinco pessoas que estavam dentro do avião morreram.

Horas após o anúncio oficial da morte da cantora, começaram a circular nas redes sociais e aplicativos de mensagens notícias falsas dizendo que o piloto da aeronave teria tido um “mal súbito por efeito da vacina”. Na verdade, a aeronave caiu ao colidir com um cabo da rede elétrica, segundo informou a Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig).

O Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) também está apurando as circunstâncias do acidente. A hipótese inverídica rechaçada nas redes. O perfil Sleeping Giants cobrou o Twitter para evitar que a fake news circulasse pela plataforma.

Felipe Neto também precisou fazer uma publicação na rede para rebater o print de uma postagem que não existe, mas que circulou como se fosse verdade. Na suposta publicação, o youtuber teria dito que “a queda do avião de Marília Mendonça é nada menos que fruto da semente do ódio que foi plantada em 2018”.

Em seu perfil, o youtuber disse que quem continuar postando o print será processado. “A última coisa que eu queria era ter que explicar algo nesse momento, mas isso é uma nojeira sem limites dos bolsonaristas”, escreveu.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos