Felipe Neto alfineta Neymar por falta de posicionamento: "Nem todo mundo se importa"

Emily Santos
·2 minuto de leitura
Felipe Neto cobrou posicionamento do jogador. Foto: Reprodução/Twitter (@felipeneto e @neymarjr)
Felipe Neto cobrou posicionamento do jogador. Foto: Reprodução/Twitter (@felipeneto e @neymarjr)

Muitos artistas e celebridades de posicionaram apoiando as manifestações que aconteceram no domingo (31) em São Paulo e em outras cidades brasileiras, que pediram pela democracia, fim da violência policial contra pessoas negras e fim do sistema social racista. Mas quando muitos gritam pedindo justiça, o que fala mais alto é o silêncio de alguns.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 minuto e receba todos os seus e-mails em um só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook e Twitter, e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentários

Quem apontou isso foi o youtuber e empresário Felipe Neto, que virou assunto nas discussões políticas e sociais desde que decidiu se posicionar de uma maneira mais crítica ao governo de Jair Bolsonaro (sem partido). Neto, que já avisou que não seguiria influenciadores e celebridades que não se posicionassem politicamente, apontou que sentiu falta de uma publicação em apoio às manifestações por parte de Neymar Jr.

Leia também

O youtuber mostrou capturas de tela que mostram as publicações do jogador em sua conta no twitter desde 18 de maio, dia que o menino João Pedro, de 14 anos, foi morto durante uma operação policial no Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo (RJ). O que chama atenção nas imagens é que nenhuma das publicações faz qualquer referência à morte do adolescente. “Vidas negras importam. Mas nem todo mundo se importa”, escreveu Neto na legenda das imagens.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Até o momento da publicação, a postagem do empresário tinha reunido mais de 10 mil retweets e 74,2 mil curtidas. Em resposta a um das centenas de comentários, o autor da publicação relembrou a falta de posicionamento do jogador em outra situação. “Lembra na época da Amazônia pegando fogo? Até os companheiros de Paris Saint-Germain postaram, menos ele”.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.