Feriado antecipado não aumenta isolamento social no final de semana em SP

VICTÓRIA DAMASCENO
·2 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A antecipação dos feriados na cidade de São Paulo com o objetivo de reduzir a transmissão do coronavírus não aumentou o índice médio de isolamento social no último final de semana, de acordo com dados do governo paulista. A fase emergencial, que impõe restrições até mesmo para serviços essenciais, também se mostrou pouco eficiente para manter as pessoas em casa. O isolamento médio na capital foi de 45% neste sábado (27), um ponto percentual a menos do que no sábado passado (20), quando o sistema registrou 46%. Na semana anterior (13), o nível também foi de 45%. Já neste domingo (28), a taxa de isolamento foi de 50%, contra os 51% reportados no domingo passado (21). Há 15 dias atrás (14) foi ainda menor, com 49%. No estado de São Paulo, o isolamento social também não aumentou. O índice foi de 46% no sábado, enquanto no sábado passado a taxa era de 47%. Na semana anterior, quando o estado ainda estava na fase vermelha, que impunha menos restrições à população e ao comércio, o isolamento médio também foi de 46%. Neste domingo o nível chegou a 51%, o mesmo valor do domingo passado. No domingo anterior, a média foi de 50%. O índice de isolamento social é calculado através do Simi (Sistema de Monitoramento Inteligente) do governo paulista, que reúne dados das operadoras de telefonia Claro, Oi, Tim e Vivo. O sistema registra o deslocamento do telefone celular durante o dia em relação ao local que esteve pela noite. Se ultrapassar cerca de 200 metros ele entende que a pessoa saiu de casa. Em relação à semana passada, também houve aumento na taxa de ocupação dos leitos de UTI (unidade de terapia intensiva) dedicados ao tratamento de pacientes com Covid-19. Neste domingo, 92,3% dos leitos do estado estavam lotados, enquanto na região metropolitana da capital o índice chegou a 92,7%. No domingo passado, a ocupação era de 91,9% no estado e de 91,6% na Grande São Paulo. Já os leitos de enfermaria têm lotação de 81,7% no estado e 86,9% na região metropolitana de São Paulo. A antecipação dos feriados em São Paulo também teve pouco impacto no trânsito de São Paulo. De acordo com dados da CET (Companhia de Engenharia de Tráfego), tanto neste sábado como no domingo a média de trânsito foi de 2 km de lentidão. Na semana passada, foram registrados 3 km no sábado, e os mesmos 2 km no domingo. No final de semana anterior, ainda na fase vermelha, foram 6 km no sábado e também 2 km no domingo. No sábado, o volume de veículos foi de 1,1 milhão contra 1,5 milhão no sábado passado. Na semana anterior o número de carros nas ruas foi maior, com 2 milhões. Neste domingo, cerca de 1 milhão de veículos circulavam nas ruas da cidade. Já no domingo passado foram 1,1 milhão, a mesma quantidade do domingo anterior.