Feridas continuam abertas no Chile, 45 anos após golpe militar

Por Giovanna FLEITAS