Polícia prende homem com 12 granadas em ônibus na Colômbia

Medellín (Colômbia), 18 mar (EFE).- A polícia colombiana deteve um homem que transportava 12 granadas de morteiro e 200 cartuchos calibre 5.56 a bordo de um ônibus de passageiros, que saiu de Medellín para o município de Doradal, no departamento de Antioquia, no noroeste do país, informou neste domingo a instituição.

O sujeito, de 30 anos, foi abordado em um posto de controle situado no setor conhecido como Alto Bonito com o material de guerra no interior da sua bagagem de mão, com o qual poderia - segundo as autoridades - ter causado danos letais em um raio de 50 metros.

"Esta pessoa poderia ter ocasionado uma tragédia grande porque levava as granadas e os cartuchos no interior do ônibus", declarou o comandante da polícia de Antioquia, o coronel Carlos Sierra Niño.

O comandante declarou também que os explosivos apreendidos pertenceriam ao grupo criminoso Clã de Golfo, pois, de acordo com as primeiras investigações, "este material seria levado a Yarumal ou Bajo Cauca".

O detido foi colocado à disposição das autoridades competentes pelo crime de porte de munição e explosivos, cuja pena pode variar entre um e quatro anos de prisão. EFE