Ferido em confronto com a PM, chefe do tráfico alega acidente de trabalho em hospital

Chefe do tráfico deu entrada no hospital alegando acidente de trabalho após se ferir com fuzil em confronto com a polícia. (Foto: Reprodução)

Apontado como chefe do tráfico no Complexo do Chapadão, na zona norte do Rio de Janeiro, César Augusto de Araújo, de 30 anos, foi internado após se ferir com o próprio fuzil, durante um confronto com a PM.

As informações são do jornal Extra.

Araújo, conhecido como PQD foi preso em flagrante nesta sexta-feira (19). Ele estava internado em um hospital particular de São João de Meriti, na Baixada Fluminense, e deu entrada alegando ter sofrido um acidente de trabalho.

Segundo a polícia, porém, o ferimento foi causado pela falha mecânica no fuzil calibre .30, utilizado por PQD durante um confronto com policiais do 41º BPM.

Leia mais

O Extra apurou que Araújo é um dos responsáveis pela disputa de território no Morro do Cajueiro, em Madureira, na Zona Norte.

O suspeito é apontado pela polícia como um dos membros mais perigosos de sua facção e responderá pelo crime de associação para o tráfico. A ação contou com a participação de policiais civis da 64ª DP e militares do 21º BPM, ambos de São João de Meriti.