Fernanda Gentil revela como contou sobre homossexualidade para família: 'O que ensinam para a gente não é da boca para fora'

Fernanda Gentil assumiu a relação com Pricila pouco tempo depois de se separar de Matheus Braga (Reprodução/ instagram.com/gentilfernanda)

Fernanda Gentil participou de um debate sobre a decisão de um juiz do Distrito Federal que permite tratar homossexualidade como doença no programa “Papo de Almoço” da rádio Globo, nesta terça-feira (19). Durante a conversa, a jornalista revelou como fez para assumir para sua família que estava em uma relação homossexual.

Eu disse para eles: ‘Vocês sempre disseram da igualdade, que o preto não é menor, que o pobre não é menor, que o gay não é menor, agora está acontecendo em casa, agora a gente tem que praticar isso. E vai me decepcionar muito se vocês forem para o outro caminho. Vou ter quase que morrer e nascer de novo para poder a viver assim porque tudo o que aprendi em 30 anos de vida, agora é que a gente tem que exercer'”, contou Fernanda Gentil à Maria Ribeiro e Poliana Abritta.

Leia mais:
Zilu faz a linha blogueira e posa com bolsa de R$ 25 mil
Marília Mendonça detona seguidor que a criticou na internet

Fernanda Gentil explicou que tem uma relação muito próxima com seus pais e que eles aceitaram sua relação com a namorada, Priscila Montadon, pouco tempo depois que ela conversou com eles sobre o assunto. “É isso. É eu entender que eles precisam do tempo deles e eles entenderem que o que eles ensinam para a gente não é da boca para fora“, disse a jornalista.