Fernanda Lima faz homenagem ao pai após um ano de sua morte: 'Não aceito'

·1 minuto de leitura
*ARQUIVO* RIO DE JANEIRO, RJ, BRASIL, 17-12-2013 - A atriz e apresentadora Fernanda Lima, em sua residência. (Foto: Daniel Marenco/Folhapress)
*ARQUIVO* RIO DE JANEIRO, RJ, BRASIL, 17-12-2013 - A atriz e apresentadora Fernanda Lima, em sua residência. (Foto: Daniel Marenco/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A atriz e apresentadora Fernanda Lima, 44, usou suas redes sociais neste sábado (17) para fazer uma homenagem ao pai, Cleomar Lima, morto a exatamente um ano, em decorrência da Covid. "Não aceito. Mas o que se há de fazer?", afirmou ela.

"Um ano sem a presença marcante, sem as piadas sacanas, sem a ironia, sem os gritos de alegria, sem as ligações preocupadas, sem os abraços apertados e demorados, sem os beijos babados. É muita memória, muito amor. Pai, um ano sem ti."

"Achei pastas e pastas de todos os bilhetes e cartinhas de criança e de todas as cartas trocadas já na vida adulta. Ainda não tive coragem de ler tudo...", continuou a artista, que compartilhou algumas dessas recordações em seu perfil no Instagram.

Cleomar Lima era advogado e contador, e morreu aos 84 anos, após quatro meses internado por cauda da Covid. "Nesses quase 120 dias internado, tu provou mesmo ter fôlego de atleta", afirmou ela na ocasião, lamentando não ter ficado ao lado dele.

Fernanda Lima está atualmente a frente do programa Bem Juntinhos (GNT) com o marido, Rodrigo Hilbert. E nesta semana, ela disse na atração que não compartilha com ele segredos de amigos. "Ele toma uma cerveja e conta pra todo mundo", disse.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos