Fernando Henrique Cardoso assina manifesto pela democracia

*** FOTO DE ARQUIVO *** SÃO PAULO, SP, 13.05.2021- Entrevista com Fernando Henrique Cardoso, que completará 90 anos de idade em junho e está lançando um novo livro de memórias. Coronavirus o COVID-19.  (Foto: Zanone Fraissat/Folhapress)
*** FOTO DE ARQUIVO *** SÃO PAULO, SP, 13.05.2021- Entrevista com Fernando Henrique Cardoso, que completará 90 anos de idade em junho e está lançando um novo livro de memórias. Coronavirus o COVID-19. (Foto: Zanone Fraissat/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) assinou o manifesto "Carta às brasileiras e aos brasileiros em defesa do Estado democrático de Direito", que será lançado na Faculdade de Direito da USP, em São Paulo, no dia 11 de agosto.

A ex-presidente Dilma Rousseff (PT) e os pré-candidatos à Presidência nas eleições deste ano Simone Tebet (MDB), Felipe d'Ávila (Novo) e Ciro Gomes (PDT) também apoiaram o movimento, assim como o ex-prefeito e pré-candidato do PT ao Governo de São Paulo, Fernando Haddad. ​Até a tarde desta sexta-feira (5), o documento reunia 759 mil assinaturas.

Organizado por ex-alunos do curso de direito da USP, o manifesto é uma iniciativa suprapartidária que não menciona o nome de Jair Bolsonaro (PL) —embora seja considerado uma resposta às ameaças golpistas do presidente.

O texto foi concebido com expressões moderadas para atrair o maior número possível de signatários, evitando termos que soassem radicais, divisivos, pró-PT, anti-Bolsonaro ou de qualquer forma partidário.

O documento ainda reuniu a assinatura de ex-ministros do STF (Supremo Tribunal Federal), políticos, empresários, artistas e várias outras personalidades.

Entre os signatários estão o economista e ex-presidente do Banco Central Arminio Fraga, o ex-presidente do Itaú Candido Botelho Bracher, o apresentador Luciano Huck e o ex-governador de São Paulo João Doria (PSDB), além de banqueiros como Roberto Setubal e Pedro Moreira Salles.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos