Ferramenta de política monetária não está esgotada, diz Campos Neto

Por Marcela Ayres
Presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, em Brasília

Por Marcela Ayres

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, disse nesta quinta-feira que os membros da instituição entendem que a ferramenta política monetária não está esgotada e que recorrer a outros instrumentos antes de exauri-la acaba criando prejuízo à credibilidade que é maior.

Campos Neto afirmou ainda que no BC ainda não se sabe exatamente o ponto do lower bound --nível de juros abaixo do qual a política monetária perde eficácia para estimular a economia--, com os membros do Comitê de Política Monetária (Copom) divergindo sobre esse eventual patamar.