Ferrari anuncia saída de Vettel após temporada 2020 da Fórmula 1

A Ferrari anunciou nesta terça-feira que não renovará o contrato com o piloto alemão Sebastian Vetter. Desta forma, o tetracampeão de Fórmula 1 deixará a escuderia em 2021.

- Foi uma decisão tomada em conjunto entre nós e Sebastian, na qual todas as partes sentiram que foi para o melhor. Não foi uma decisão fácil, dado o valor de Sebastian como piloto e como pessoa. Não houve uma razão específica, além do sentimento em comum e amigável de que o tempo chegou para irmos em caminhos diferentes para alcançarmos os respectivos objetivos - disse Mattia Binotto, gerente geral da Ferrari.

Vettel alcançou na Ferrari 14 vitórias, mas jamais conseguiu repetir o desempenho dos tempos de Red Bull, pela qual venceu os quatro títulos de F1.

- Meu relacionamento com a Ferrari terminará ao fim de 2020. Para alcançar os melhores resultados possíveis no esporte, é vital para todas as partes trabalho em perfeita harmonia. A equipe e eu percebemos que não havia mais desejo em comum de permanecer juntos além desta temporada. Questões financeiras não fizeram parte dessa decisão conjunta - disse o piloto alemão.

Segundo o site alemão "Auto Motor und Sport", as possibilidades de substituição na Ferrari vão desde Daniel Riccardo, da Renault, passam por Antonio Giovinazzi, da Alfa Romeo, e também por Carlos Sainz, da McLaren. O destino de Vettel, por outro lado, ficaria entre Renault e a própria McLaren.