Festa de 15 anos: saiba como gastar menos na organização do evento

1 / 2

2013122069305.jpg-GU41F49CB.1.jpg

A festa é compartilhada pelas redes sociais

RIO - Tradição que resiste ao tempo, festas de 15 anos habitam os sonhos de muitas meninas — e de pais corujas também — de todas as gerações. Realizar uma comemoração cheia de pompa, no entanto, nem sempre cabe nas contas da família. Nesses casos, nada melhor do que o jeitinho e a criatividade para economizar na organização do evento e não precisar abrir mão do desejo de um dia inesquecível para a debutante. Foi o que fez a consultora Vivian Cruz, de 39 anos: mesmo com o orçamento apertado, ela conseguiu fazer a celebração do aniversário da filha, Maria Luiza, como manda o figurino, graças a adaptações no cerimonial.

Integrante da liga de "caçadores de ofertas" do "Qual oferta" — plataforma dos jornais EXTRA, O Globo e Expresso que reúne, no impresso e no digital, as melhores promoções de supermercados, drogarias e lojas de departamento de Rio e Grande Rio —, Vivian já tinha perdido as esperanças de dar a festa a Maria Luiza por causa do custo elevado do evento. Mas o sonho foi retomado quando a consultora viu um anúncio de uma casa de festas nas redes sociais.

— O aluguel do salão e o bufê para 80 pessoas foram R$ 4.699, com salgados, sopa de ervilha, pequenas porções de refeição, cerveja, bebidas não alcoólicas, bolo e doces. A decoração também estava inclusa. O valor desse pacote foi excelente. Mas eles fizeram isso porque é uma casa nova no mercado. Acho que fui a terceira contratante. Eu arrisquei — diz Vivian.

Pesquisar com antecedência os preços das casas de festas e analisar o custo benefício dos pacotes oferecidos é o primeiro passo para baratear a comemoração de 15 anos. Todo cuidado é pouco nessa etapa. De acordo com o diretor jurídico do Procon-RJ, Henrique Neves, quando os preços estão muito abaixo do praticado no mercado, é importante fazer um levantamento sobre a origem e o histórico da empresa, além de conversar com antigos contratantes para coletar opiniões sobre o serviço prestado. Visitar o local para conhecer a estrutura, ler o contrato atentamente e procurar saber se o estabelecimento tem alvará para funcionar são outras precauções para evitar prejuízos.

— Se a empresa for nova no mercado, o pagamento à vista geralmente leva um risco maior ao consumidor. O ideal é dar uma parte do dinheiro como sinal e parcelar o restante. Se a reputação da casa de festas é conhecida, pagar tudo à vista pode render bons descontos — afirma Neves.

Veja, abaixo, as dicas da "caçadora de ofertas" do "Qual oferta" Vivian Cruz para reduzir a despesa na organização da festa de 15 anos.

1 - Alugue o vestido da debutante em lojas de bairro

Trajes feitos por ateliês especializados em festas de 15 anos podem custar até R$ 6 mil, já que algumas meninas optam por usar até três vestidos durante a comemoração do aniversário. O aluguel em lojas de bairro sai bem mais em conta. Por R$ 700, Vivian Cruz garantiu um vestido "dois em um" (longo que se transforma em curto). Apostar em roupas com essa versatilidade também é uma maneira de economizar.

2 - Faça orçamentos com costureiras

Em vez de comprar um vestido pronto para usar na festa da filha, a consultora preferiu adquirir o tecido e contratar uma costureira para confeccionar a peça. No total, gastou R$ 160, valor com o qual dificilmente obteria uma roupa de festa em uma loja.

3 - Use a criatividade para montar as lembrancinhas

Para baratear as lembrancinhas, Vivian optou por montá-las por contra própria. Duas mulheres foram homenageadas no cerimonial e ganharam uma caixa de costura comprada pela consultora. Dentro, ela colocou itens como agulhas e carretéis de linha, além de uma foto da filha com a pessoa presenteada. Para os demais convidados, Vivian distribuiu nécessaires adquiridas no comércio popular. A personalização do objeto foi feita com etiquetas de vinil descoláveis com o nome de Maria Luiza, que a mãe encomendou em um estabelecimento especializado.

4 - Busque alternativas aos preços altos no comércio popular

Bater perna no comércio popular — com bastante paciência, é claro — é a melhor forma de encontrar alternativas econômicas aos preços altos. A vela para o bolo desejada pela filha de Vivian custava R$ 50, já montada. Para gastar menos, a consultora comprou as partes soltas e, depois, as juntou. Assim, pagou apenas R$ 16. Forminhas para doces também são vendidas barato em lojas de artigos para festas localizadas nesses centros comerciais.

5 - Aproveite as promoções durante o planejamento do evento

Em novembro do ano passado, durante a Black Friday, Vivian Cruz contratou, por R$ 500, uma cabine de fotos para a festa de Maria Luiza — o evento só aconteceu neste mês de fevereiro. Aproveitar valores promocionais para fechar negócio contribui para a contenção de despesas relacionadas a comemorações de 15 anos.