Festa clandestina com mais de 200 pessoas é interrompida em Salvador

Colaboradores Yahoo Notícias
·1 minuto de leitura
Festa clandestina com mais de 200 pessoas é interrompida em casa de eventos em Salvador
Festa clandestina com mais de 200 pessoas é interrompida em casa de eventos em Salvador

Uma festa clandestina foi interrompida na noite de sexta-feira (26), em Salvador. A festa acontecia em uma casa de eventos e reuniu mais de 200 pessoas, segundo informações da Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedur) publicadas pelo portal G1.

A boate foi interditada e teve os equipamentos apreendidos. O público da festa era majoritariamente jovem, e a maioria não usava máscaras de proteção contra o coronavírus.

O flagrante ocorreu durante a Operação Sílere, realizada por agentes municipais da Sedur e pela Polícia Militar para o combate à poluição sonora. Não há informações sobre prisão de participantes da festa.

O governo da Bahia instituiu medidas restritivas para conter o avanço da pandemia e evitar o colapso no sistema de saúde. Entre as regras, estão a proibição de eventos e atividades, mesmo previamente autorizados, que envolvam aglomeração de pessoas, e um toque de recolher entre 18h e 5h do dia seguinte.

Na última sexta, a Bahia registrou 155 óbitos por Covid-19, o maior número desde o início da pandemia, segundo informações da Secretaria Estadual de Saúde (Sesab). De acordo com o boletim epidemiológico, dos 788.296 casos confirmados desde o início da pandemia, 756.849 já são considerados recuperados, 16.661 encontram-se ativos e 14.786 tiveram óbito confirmado.