Festa de música eletrônica é interditada pelos bombeiros no Leblon

Gilberto Porcidonio
·1 minuto de leitura
Reprodução

RIO - Os Bombeiros e a Polícia Militar interditaram, na noite desta terça-feira, a festa de música eletrônica R:Evolution que acontecia desde as 14h no Faro Beach Club, no Leblon, Zona Sul da cidade. O evento irregular estava promovendo aglomeração com a pista de dança superlotada, com cerca de duas mil pessoas no espaço. Segundo os bombeiros, a festa, que foi amplamente divulgada nas redes sociais, não tinha autorização para ser realizada mesmo sendo uma marca conhecida do cenário das pool parties (festas em torno de piscinas).

A interrupção se deu graças à quantidade de denúncias que a secretaria de Defesa Civil recebeu sobre o desrespeito às regras de ouro da prefeitura para o combate à Covid-19. Nas redes sociais, há diversos vídeos, feitos e postados pelos próprios frequentadores, em que o espaço aparece superlotado. Na página de compra de ingressos, a organização da festa havia informado que todos os protocolos de segurança exigidos pelos órgãos públicos estariam sendo rigidamente seguidos e respeitados. Porém, não há ninguém sequer usando máscaras nos vídeos feitos na localidade.

Na Zona Portuária, a boate The Week também sofreu críticas no início desta semana por continuar promovendo festas sem nenhum distanciamento ou medida de proteção contra a covid-19, como a que promoveu no último sábado. Em um dos vídeos, também feito por frequentadores, os chamados cercadinhos aparecem claramente com mais de 10 pessoas.

O DJ Rennan da Penha também chegou a ser questionado por ter realizado um evento superlotado na casa de eventos Espaço Hall, na Barra, na semaa passada. A mesma casa já havia sediado uma festa chamada Joy Party no dia 27 de novembro, também sem qualquer restrição de lotação ou distanciamento.