Festa de São Judas atrai 100 mil pessoas em São Paulo

FÁBIO MUNHOZ
·2 minuto de leitura
SÃO PAULO, SP, 28.10.2020: RELIGIÃO-SP - O Santuário São Judas Tadeu, localizado na av. Jabaquara, zona sul da capita, realiza nesta quarta-feira (28) sua tradicional festa em honra a São Judas Tadeu, o santo das causas impossíveis. Por causa da pandemia do novo coronavírus, o número de fieis esperados para as celebrações foi reduzido em 200 pessoas. (Foto: Rivaldo Gomes/Folhapress)
SÃO PAULO, SP, 28.10.2020: RELIGIÃO-SP - O Santuário São Judas Tadeu, localizado na av. Jabaquara, zona sul da capita, realiza nesta quarta-feira (28) sua tradicional festa em honra a São Judas Tadeu, o santo das causas impossíveis. Por causa da pandemia do novo coronavírus, o número de fieis esperados para as celebrações foi reduzido em 200 pessoas. (Foto: Rivaldo Gomes/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Mesmo com a cidade de São Paulo ainda enfrentando a pandemia do novo coronavírus, muita gente saiu de casa nesta quarta-feira (28) para mostrar sua devoção ao santo das causas impossíveis. Aproximadamente 100 mil pessoas passaram pelo santuário de São Judas Tadeu, na zona sul de São Paulo, ao longo do dia.

Segundo o padre Daniel Aparecido de Campos, vice-reitor da paróquia, o número equivale a aproximadamente 60% do público que costumava passar pela igreja nas festas em homenagem ao santo realizada nos anos anteriores.

"O pessoal veio e respeitou o distanciamento. Não tivemos problema", comenta o padre, que diz que o movimento superou as expectativas. No período da manhã, havia grande quantidade de pessoas do lado de fora da igreja, aguardando para visitar a imagem do santo. Todas usavam máscara.

Nas 11 missas realizadas, foi permitida a entrada de somente 200 pessoas em cada uma, o equivalente a 25% da capacidade de público. Seis celebrações foram transmitidas pela internet.

Outra novidade no evento deste ano foi a mudança da apresentação do tradicional bolo de São Judas Tadeu. O doce, que antes era partido e servido no dia da festa, desta vez foi colocado em embalagens individuais e descartáveis.

"Estava muito tranquilo. As pessoas respeitaram o distanciamento", relata a atendente de loja Iolanda Almeida, 34 anos, que ficou dez minutos na fila para acessar a imagem. Moradora do bairro da Saúde, também na zona sul, ela frequenta a festa de São Judas Tadeu todos os anos. Segundo Iolanda, a comemoração de 2020 tinha menos gente do que as anteriores.

Na opinião do padre Campos, apesar da redução o número de gente no santuário, a pandemia fez com que a Igreja aumentasse seu engajamento pela internet. Desde março, o canal da paróquia no YouTube teve um aumento de seis vezes no número de seguidores, chegando agora a pouco mais de 24 mil inscritos.