Festejos de 176 anos de Padre Cícero são cancelados para conter novo coronavírus

Procissão em Juazeiro do Norte
Procissão em Juazeiro do Norte

A tradicional festa de aniversário de Padre Cícero, em Juazeiro do Norte, no Sul do Ceará, foi cancelada pela Diocese do Crato por causa do novo coronavírus. Nos festejos, que celebrariam 176 anos do sacerdote e aconteceriam a partir da próxima terça-feira, eram esperadas 20 mil pessoas.

Só o corte de bolo de 100 metros, que seria na madrugada desta terça-feira, no largo da Capela do Socorro, onde Padre Cícero está sepultado, reuniria cerca de cinco mil. De acordo com o secretário de Turismo e Romaria de Juazeiro do Norte, Júnior Feitosa, o evento vai acontecer quando a situação se normalizar. "Não tem como deixar nada agendado agora. Vai depender do controle da epidemia", ressaltou. A Semana Padre Cícero, que traz programação religiosa, cultural, esportiva e educativa, também foi cancelada. É a primeira vez em 38 anos que a série de eventos é adiada.

Para diminuir o risco de infecção pelo novo coronavírus, o bispo da Diocese de Crato, dom Gilberto Pestana, recomendou a padres e diáconos que suspendam procissões, romarias, novenas e vias-sacras, assim como reuniões da catequese e encontros pastorais. A medida vai vigorar, a princípio, até o dia 31 de março. O bispo também solicitou maior número de horários de missas para evitar aglomerações.

De acordo com a secretaria de saúde do Estado do Ceará (Sesa), foram registrados, até este sábado, nove casos da Covid-19 no Ceará. Em Juazeiro do Norte, há dois casos suspeitos, sendo que três já foram descartados; na vizinha Crato, um caso suspeito e três descartados. Na última segunda-feira, o Governo do Ceará decretou estado de emergência em saúde e publicou medidas, como a suspensão das aulas em escolas públicas, para conter a proliferação do coronavírus.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também