Festival de Alter do Chão exibe on-line 280 filmes de 94 países

De quarta-feira até domingo, a cidade de Santarém (PA), às margens do Rio Tapajós, sedia o 4º Festival de Alter do Chão, que reúne produções de 94 países sobre temas como preservação ambiental e diversidade étnica. Mais de 280 filmes compõem a programação gratuita, que estará disponível também on-line, através da plataforma FestAlter Play, no site oficial do evento.

Desde os 7 anos: Fã mais antigo de Gal Costa, cearense quer criar exposição com artigos raros e inusitados

Fora do jogo: Dua Lipa nega que fará show na Copa do Mundo: 'Espero visitar o Catar quando cumprirem promessas de direitos humanos'

Entre os destaques desta edição, que conta com curtas e longas, animações e produções gravadas pelo celular, está o primeiro documentário dirigido por Míriam Leitão, “Amazônia na encruzilhada”, um dos finalistas a participar da mostra competitiva. A obra, que marca também os 50 anos de carreira da jornalista, foi rodada em São Félix do Xingu, no Pará, cidade apontada como uma das principais emissoras dos gases de efeito estufa do país.

O festival bateu recorde de inscrições este ano. Em apenas 15 dias, 2.154 títulos vindos dos cinco continentes apresentaram suas candidaturas.

— É um evento que atrai a atenção de que esta região precisa. Trazemos um novo olhar sobre a produção amazônica, brasileira e mundial, especialmente de países e comunidades que não têm oportunidades em outros festivais — diz Locca Faria, diretor do Festival de Alter do Chão.

Além da competição, há mostras paralelas e especiais, como uma dedicada à Espanha e outra à Ucrânia, que, mesmo em meio à guerra, inscreveu mais de 40 filmes. Rússia, Irã, Síria, Afeganistão, Índia, França, EUA e Portugal também marcam presença na seleção, que tem curadoria coordenada pelo cineasta Anselmo Duarte Jr..

Apresentações de dança, música e teatro, rituais indígenas, palestras e debates completam a programação e podem ser acompanhados on-line. A abertura desta edição, que homenageia o músico Sebastião Tapajós, terá transmissão ao vivo, às 20h.