Festival apaga foto de cantor Maurílio em cartaz e provoca revolta de amigos e parceiros

·1 min de leitura

Amigos e colegas do cantor Maurílio, que morreu, aos 28 anos, na última semana, usaram as redes sociais para demonstrar revolta com o fato de o festival Verão Sertanejo, em Caldas Novas (GO), ter excluído a imagem do cantor no novo cartaz de divulgação do evento, que acontece nos dias 7 e 8 de janeiro.

"Tem algumas coisas que me fazem pensar muito sobre a validade do meio que vivo. Será que meu amor pela música resiste a situações assim?", questionou o compositor Daniel Rangel, que já criou canções para nomes como Marília Mendonça e Henrique & Juliano. O novo cartaz do festival Verão Sertanejo excluiu o rosto de Maurílio da imagem, sem prestar qualquer homenagem ao artista.

"É muita falta de respeito com ele, com a Luiza, com a família, com os fãs... Com a própria música! 2022 começou tão mal quanto 2021 terminou", manifestou-se Daniel Rangel.

O blogueiro Marcão Blognejo também criticou a maneira com que o festival lidou com a morte de Maurílio. "Quando você pensa que o meio sertanejo já chegou a todos os patamares de desumanidade existentes, você se depara com isso: os caras simplesmente apagaram a foto do Maurílio e colocaram a Luiza sozinha na propaganda do show que seria no próximo fim de semana", escreveu ele, que teve post compartilhado por artistas do ramo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos