Festival de Cinema de Havana celebra 40 edições com convidados como Benício del Toro e Matt Dillon

Del Toro no Festival de Veneza 29/8/2018 REUTERS/Tony Gentile

HAVANA (Reuters) - O Festival do Novo Cinema Latinoamericano de Havana inicia nesta quinta-feira sua 40ª edição com uma maratona de filmes e com a participação dos diretores Michael Moore e Emir Kusturica, além dos atores Matt Dillon e Benício del Toro. 

Vinte longa-metragens de ficção - cinco da Argentina, dois do Brasil, um do Chile, dois da Colômbia, três de Cuba, quatro do México, dois do Uruguai e um da Venezuela - competem pelos prêmios Coral no festival que acontece na capital cubana até o dia 16 de dezembro. 

"El Ángel", do argentino Luis Ortega, e "Pájaros de Verano", dos colombianos Ciro Guerra e Cristina Gallego, filmes eleitos para representar seus países no Oscar, concentram o interesse dos aficcionados pela sétima arte na ilha caribenha. 

No total 373 filmes estarão na competição, das quais 333 são provenientes de Argentina, Brasil, Colômbia, Cuba, Chile e México. As demais chegam dos Estados Unidos, Espanha, Alemanha e Reino Unido. 

"Pepe, Una Vida Suprema", documentário dirigido pelo músico e cineasta sérvio Kusturica, sobre a vida do ex-presidente uruguaio José Mujica, será o encarregado de inaugurar o festival na noite desta quinta-feira. 

O festival de Havana contará neste ano com a presença dos norte-americanos Michael Moore, Matt Dillon e Geraldine Chaplin, além do porto-riquenho Benício del Toro e do próprio Kusturica. 

(Reportagem de Nelson Acosta)