Festival TriboQ leva diversidade, música e atrações gratuitas para o Porto Maravilha

Entre os dias 28 de junho e 3 de julho, o TRIBOQ PRIDE FESTIVAL 2022 apresenta seis dias de programação múltipla e gratuita em celebração ao mês do Orgulho LGBTQIAP+. A primeira edição do evento, que chega integrando a música com experiências audiovisuais, informação e sensibilização, empreendedorismo, empregabilidade, artes plásticas e dança, acontece na região do Porto Maravilha. A idealização do evento cabe a Beni Falcone, Mickael Noah e Thiago Berriel. O TriboQ nasce a partir do CandyBloco, bloco de versões abrasileiradas de hits de divas pop que é sucesso no carnaval do Rio.

Projeto da UFF em parceria com a prefeitura: Niterói ganha primeira Clínica Jurídica LGBTQIA+ do país

Direitos humanos: No primeiro semestre do ano, Brasil registrou 135 mortes violentas de pessoas LGBTQIA+

Além do arco-íris: Conheça as diferentes bandeiras LGBTQIAP+

— Ficou nítida a necessidade de fazermos mais pela nossa tribo, pelas dezenas de milhares de pessoas que fazem parte desse universo que criamos junto a eles. Continuamos fazendo e sendo música, mas é hora também de olhar, cuidar e celebrar a nossa tribo — afirma Beni, que além de idealizador e realizador do festival, é vocalista da TriboQ.

Dividido em espaços como o Palco Vera Verão, que receberá os grandes shows na Praça Mauá; o Palco MAR, com os pockets shows no Museu de Arte do Rio; o Lugar Q Fala, um espaço de debates, escuta e trocas ativas sobre a comunidade LGBTQIAP+ no auditório do Museu do Amanhã; a Feira Queer onde cerca de 30 empreendedores apresentam suas marcas independentes no espaço do Museu de Arte do Rio; entre outras diversas integrações, apresentações de arte e entretenimento, o festival ocupará toda a região portuária do Rio. Shows como de Maria Gadu, Majur, Ju Moraes, Rebecca, Romero Ferro, entre outros importantes nomes para a representatividade da comunidade LGBTQIAP+ estão confirmados.

Números: Pesquisa revela que 41% dos brasileiros têm amigos LGBTQIA+, e igreja ainda é um local de pouca convivência

O TRIBOQ PRIDE FESTIVAL 2022, apresentado pela Prefeitura do Rio, tem uma rede de parceiros numa mobilização conjunta que integra iniciativa privada, poder público e movimento social organizado para atender cerca de 115 mil pessoas ao longo de todos os dias de festa.

— Como cidadão gay do Rio de Janeiro, eu acho importantíssimo termos um evento que marque essa nossa luta, com os seis dias de discussões multitemáticas e shows. É muito representativo da comunidade essa maneira de dialogar, de comunicar, de reivindicar nossos direitos, essa maneira de resistir — declara Carlos Tufvesson, coordenador executivo da Diversidade Sexual da Prefeitura do Rio, que completa: — Que bom que esteja acontecendo na nossa cidade, tem tudo a ver, um evento para que todo o carioca seja bem-vindo a participar e a celebrar conosco. Lembrando: não precisa ser LGBTQIAP+ para ser contra o preconceito.

Orgulho: Celebridades participam de campanha contra preconceito

Confira a programação completa:

Palco Vera Verão (Praça Mauá)

Dia 1 de julho - sexta-feira - Horário: das 17h às 23h30

Ju Moraes (19h) l Amores Líquidos (20h30) l TriboQ (22h) + DJs

Dia 2 de julho - sábado - Horário: das 15h às 23h30

Kibba (17h) l Lia Clark (19h) l Majur (20h30) l O Baile Todo (22h) + DJs

Dia 3 de julho - domingo - Horário: das 15h às 23h30

Filhos de Gandhi (17h) l Maria Gadu (18h30) l TriboQ (20h30) l Rebecca (22h) + DJs

Qball (informações e inscrições em www.triboq.com.br/q-ball)

Dia 30 de junho e dia 01 de julho, das 14h às 18h - workshops

Dia 02 e 03 de julho, das 15h às 17h - batalhas

Palco MAR (Museu de Arte do Rio)

Dia 28 de junho - terça-feira - Atração: Moça Prosa (20h30)

Dia 29 de junho - quarta-feira - Atração: Maranda (20h30)

Dia 30 de junho - quinta-feira - Atração: Romero Ferro (20h30)

Lugar Q Fala (Auditório Museu do Amanhã)

Painéis com especialistas e ativistas. Informações no site oficial.

Dia 30 de junho - quinta-feira - painéis das 13h30 às 17h

Dia 01 de julho - sexta-feira, painéis das 13h30 às 17h

Dia 02 de julho - sábado, painéis das 11h às 17h

Dia 03 de julho - domingo, painéis das 11h às 17h

Feira Queer (Museu de Arte do Rio)

Do dia 28 de junho ao dia 01 de julho (terça a sexta) - das 16h às 22h

Dias 02 e 03 de julho (sábado e domingo) - das 14h às 21h

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos