'Fez sinal de arminha', diz motorista que quebrou braço de idoso

·2 min de leitura
Idoso teve braço quebrado no trânsito de São Vicente por outro motorista (Reprodução/G1)
Idoso teve braço quebrado no trânsito de São Vicente por outro motorista (Reprodução/G1)
  • Motorista assumiu que quebrou braço do idoso;

  • Ele afirmou que viu uma arma verdadeira no carro;

  • Vítima também quebrou um osso do cotovelo.

João Batista Dias, de 52 anos, disse que quebrou o braço de um idoso, de 63 anos, na semana passada por ter sido ameaçado de morte pela vítima que teria feito “sinal de arminha” com as mãos.

Inicialmente, o suspeito teria reclamado que a vítima buzinou muitas vezes durante um trajeto de dois quarteirões no município de São Vicente, no litoral de São Paulo.

"Ao perceber que ele não ia dar passagem, passei pela direita. Acho que ele ficou um pouco enfurecido. E eu, percebendo, atravessei o sinal de atenção de amarelo para vermelho, e ele passou atrás. Quando parei, ele emparelhou comigo, me ameaçando de morte. Ele falou: 'você quer morrer?'. E fez um sinal de ‘arminha’ para mim", alegou Dias em entrevista ao portal G1.

O homem assumiu que quebrou o braço do idoso, mas disse que viu uma pistola no console do carro. "Se ele tinha feito um sinal de 'arminha', ele ia pegar a arma de verdade. Foi a hora que eu falei: 'Põe o braço para fora'. E, quanto mais ele não punha, mais eu apertava”, afirmou.

A vítima é aposentada, mas trabalha como motorista de aplicativo e não poderá trabalhar por dois meses e meio, em razão da fratura no cotovelo causada pelo agressor.

Idoso dirigiu para casa ferido

A esposa do idoso disse que o ele dirigiu vários quilômetros, ferido, até sua casa antes de ir para o hospital. "Ele recebeu atendimento e foi constatado que, além de ter deslocado o braço, meu marido havia quebrado o osso do cotovelo. Por isso, ele acabou precisando ficar com o braço imobilizado. Mesmo com as fortes dores, ele continuou dirigindo, chegou e me pediu ajuda", explicou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos