FGTS: 370 mil trabalhadores usaram fundo na oferta da Eletrobras

FGTS: cerca de 370 mil trabalhadores usaram o fundo na oferta da Eletrobras
FGTS: cerca de 370 mil trabalhadores usaram o fundo na oferta da Eletrobras
  • A Adesão é superior a registrado pela Petrobrás em 2000;

  • A demanda de trabalhadores que pretendem usar o FGTS alcançou R$ 7,5 bilhões;

  • Incluindo outros tipos de investidores, a demanda já atingiu R$ 60 bilhões.

Aproximadamente 370 mil trabalhadores utilizaram recursos do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) para fazer a reserva de ações no âmbito da oferta da Eletrobras, que resultará na privatização da empresa de energia.

A Adesão é superior ao número registrado pela Petrobrás em oferta semelhante em 2000, quando 248 mil trabalhadores participaram com o FGTS, ficando abaixo apenas do observado na oferta da Vale, em 2002. Na ocasião, 584 mil pessoas investiram parte do Fundo de Garantia nas ações da mineradora.

Inicialmente, a Eletrobras tinha disponibilizado uma cota de R$ 6 bilhões para investimentos decorrentes do FGTS, no entanto, a demanda de trabalhadores que pretendem usar o fundo para comprar ações da empresa já alcançou R$ 7,5 bilhões. Incluindo outros tipos de investidores, a demanda já atingia R$ 60 bilhões na noite de ontem, valor bastante acima da oferta de R$ 35 bilhões.

Vale ressaltar que O processo de coleta de intenções de investimento, que vai definir o preço de venda das ações da empresa

Privatização da Eletrobras vai elevar a conta em até 25%

Um estudo realizado pelo Dieese (Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos) aponta que para atender os consumidores residenciais a energia de 20 hidrelétricas que pertencem a Eletrobrás é gerada a preço de custo.

Isso porque a condição de monopólio e estatal, com participação de 28% na geração de energia e 40% das linhas de transmissão, faz com que a administração da empresa priorize os interesses da coletividade. Já na lógica de corporações privadas, o lucro deve ser levado em consideração

O Dieese diz que privatizada Eletrobrás, “a conta de luz vai subir de 15% a 25%, estimam especialistas”.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos