FGTS: veja qual é o prazo para fazer o saque extraordinário no valor de até R$ 1 mil

Trabalhadores podem sacar FGTS até o dia 15 de dezembro (Getty Image)
Trabalhadores podem sacar FGTS até o dia 15 de dezembro (Getty Image)
  • Quem não movimentou o valor de R$ 1 mil do FGTS pode sacar até dezembro

  • Cerca de R$ 9,2 bilhões dos recursos do saque ainda não foram movimentados

  • O crédito é realizado automaticamente na conta do Caixa Tem

Até o dia 15 de dezembro, os trabalhadores que não movimentaram o valor de R$ 1 mil referente ao saque extraordinário do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) poderão solicitar o saque extraordinário.

A Caixa Econômica Federal aponta que cerca de R$ 9,2 bilhões dos recursos do saque extraordinário não foram movimentados até o início de agosto. É preciso lembrar que todas as pessoas que possuem contas do FGTS com saldo disponível nessas condições podem fazer saque.

Na operação, o crédito é realizado automaticamente na conta do Caixa Tem, em nome do trabalhador. Caso isso não aconteça, é preciso solicitar a liberação de recursos.

O bloqueio pode acontecem em diversas situações, como em casos de garantia de operações de crédito de antecipação do Saque Aniversário, determinação judicial, pedido de devolução de valor recolhido pelo empregador e dados inconsistentes.

Para consultar a disponibilidade dos valores, é possível verificar as informações através do site da Caixa, nas agências do banco estatal ou por meio do aplicativo do FGTS. Incialmente, não seria necessário solicitar a liberação das verbas, uma vez que o dinheiro seria disponibilizado automaticamente na conta do trabalhador no Caixa Tem.

Caso o beneficiário não tenha uma conta no Caixa Tem, a Caixa Econômica Federal abriria uma conta em nome do trabalhador automaticamente para que os valores possam ser movimentados.