FHC e Lula: outros 8 momentos históricos em que o tucano e o petista estiveram juntos

·4 minuto de leitura
Lula e FHC em 1978
Lula apoiou a candidatura de FHC ao senado em 1978

A fotografia de um encontro dos ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Fernando Henrique Cardoso (PSDB) marcou, nesta sexta (21/05), o momento atual de discussões na oposição sobre a formação de uma frente ampla contra o bolsonarismo.

A reaproximação entre os ex-presidentes aconteceu em um almoço na semana passada a convite do ex-ministro Nelson Jobim, próximo a ambos os políticos. Jobim foi ministro da Justiça de FHC e ministro da Defesa de Lula, além de ministro do STF (Supremo Tribunal Federal).

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Em um debate online na quarta, FHC já dissera que preferiria uma "terceira via", de preferência um candidato do PSDB, mas que votaria em Lula em 2022 se fosse necessário para evitar uma reeleição do presidente Jair Bolsonaro.

Uma pesquisa Datafolha divulgada em 12 maio mostra Lula como principal nome capaz de vencer uma disputa contra Bolsonaro em 2022.

FHC reafirmou sua posição na quinta, após a divulgação da foto com Lula.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Apesar de serem rivais políticos e símbolos da polarização entre PT e PSDB, que dominou boa parte das disputas presidenciais após a redemocratização, Lula e FHC têm um longo histórico de apoio mútuo, até os anos 1990, e de respeito democrático nas últimas décadas.

Veja abaixo fotos dos dois políticos em outros momentos históricos em que estiveram lado a lado.

Na luta contra a ditadura

Tanto Lula quanto FHC foram militantes contrários à ditadura militar nos anos 1970 e 1980 e figuras importantes nas Diretas Já, movimento pelo direito ao voto direto para presidente iniciado em 1983.

Foto em preto e branco e de Lula e FHC jovens fazendo panfletagem
Lula e FHC fizeram panfletagem juntos em frente a sindicatos no ABC paulista em 1978

Os dois se conheceram em 1973, no Cebrap (Centro Brasileiro de Política), fundado por FHC quando voltou do exílio.

Lula, que era líder do Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo do Campo, apoiou a campanha de FHC ao senado em 1978.

Os dois chegaram a fazer panfletagem juntos. FHC concorria pelo MDB, único partido de oposição autorizado a existir pela ditadura militar.

Nos anos seguintes, Lula se envolveu na criação do PT, formado em 1980 por militantes contrários à ditadura, sindicalistas, artistas, intelectuais e religiosos católicos ligados à Teologia da Libertação. Já FHC fez parte da criação do PSDB, que tinha perfil parecido, mas não tinha a mesma base operária e se encaminhava mais na linha da social-democracia.

Mesmo já se encaminhando para propostas divergentes, ambos subiram juntos ao palanque nas campanhas pelas Diretas Já.

FHC e Lula em campanha pelas diretas já, ao lado de diversas outras personalidades
Campanha contra a ditadura e pelo direito ao voto uniu a oposição nos anos 1980

Após a redemocratização

Após a redemocratização, FHC apoiou a campanha de Lula à Presidência em 1989, que o petista perdeu para Fernando Collor de Mello.

Em 1994, Lula e FHC concorreram um contra o outro e o tucano se saiu vitorioso, sendo reeleito em 1998 em outra disputa contra Lula.

Lula recebe faixa presidencial de FHC
Fernando Henrique passou a faixa presidencial para Lula em 2003

Após três tentativas frustradas, Lula conseguiu se eleger em 2002, também ficando oito anos no cargo.

Lula e FHC (ao centro), acompanhados de Dilma Rousseff e José Serra, participaram de cerimônia em homenagem às vítimas do holocausto, em 2009
Lula e FHC (ao centro), acompanhados de Dilma Rousseff e José Serra, participaram de cerimônia em homenagem às vítimas do holocausto, em 2009

Ao longo de seu governo, Lula teve uma relação antagônica, porém democrática, com o predecessor - que então era membro da oposição.

Os ex-presidentes acompanharam a então presidente Dilma Rousseff no lançamento da Comissão da Verdade, em 2012
Os ex-presidentes acompanharam a então presidente Dilma Rousseff no lançamento da Comissão da Verdade, em 2012

FHC continuou duramente crítico ao PT durante o governo de Dilma Rousseff, mas apoiou Lula em momentos de dificuldade pessoal, quando o petista precisou tratar de um câncer na laringe, em 2012.

A relação politicamente divergente mas pessoalmente respeitosa continuou nos anos seguintes. O tucano visitou Lula no hospital quando ex-primeira dama Marisa Letícia teve declarada morte cerebral, em 2017, retribuindo o apoio de Lula após a morte de Ruth Cardoso anos antes, em 2008.

FHC presta condolências à Lula pela morte de sua mulher, Marisa Letícia
FHC presta condolências à Lula pela morte de sua mulher, Marisa Letícia

O retrato mais recente dos dois foi feito em um almoço na semana passada, em meio a um momento em que a oposição discute a formação de uma frente ampla para derrotar Bolsonaro em 2022.

De máscara, FHC e Lula se encontram para conversa e fazem cumprimento com as mãos
Almoço entre ex-presidentes aconteceu a convite do ex-ministro Nelson Jobim

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos