Fiat começa a alterar os sons internos dos carros

Fiat aposta em uma experiência sonora mais agradável (Getty Image)
Fiat aposta em uma experiência sonora mais agradável (Getty Image)
  • Montadora desenvolveu um projeto de atualização de sons emitidos pelos carros

  • A ideia é deixar a experiência sonora mais confortável e agradável para os motoristas

  • Inicialmente, mudanças estarão disponíveis apenas para os modelos mais novos da marca

Quem dirige automóveis sabe que eles fazem diversos barulhos. São sons criados para avisar que a porta está aberta, alertas de estacionamento, barulho para não esquecer a chave da ignição, entro outras interferências sonoras. Para inovar na experiência do consumidor, a Fiat decidiu apostar na criatividade para mudar a experiência sonora.

A montadora fez uma parceria com a empresa brasileira Sound Thinkers para criar uma nova identidade, moldada com a opinião de diversos usuários, depois uma pesquisa com os clientes sobre as preferências de sons.

Essa colaboração resultou na identidade sonora que a empresa está chamando de “Sound Design”. Ela é diferente dos bipes agudos que eram usados pela marca.

Na mudança, a Fiar apostou em sons mais agradáveis e alinhados com a identidade da empresa. A alteração afeta até mesmo os tons de alerta, deixando a experiência mais suave e agradável.

A novidade será estreada linha 2023 de Toro e Pulse, que iniciam as vendas nesta semana. No reposicionamento, as mudanças serão adotados por toda a linha com o passar do tempo. Contudo, incialmente, a ideia é focar nos modelos mais novos.

Na teoria, seria possível fazer uma atualização do sistema em uma concessionária, mas a Fiat ainda não definiu se disponibilizará estes novos sons para os automóveis que já estão nas ruas. Resta aguardar até a marca divulgar mais informações sobre o plano de tornar a experiência do motorista ainda mais agradável e confortável.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos