Duplo atentado a bomba no sul da Índia deixa 10 mortos

Nova Délhi, 21 fev (EFE).- Pelo menos 10 pessoas morreram e 50 ficaram feridas nesta quinta-feira em duas explosões ocorridas em uma área comercial da cidade de Hyderabad, no estado de Andhra Pradesh, no sul da Índia, informou à Agência Efe uma fonte policial.

A primeira explosão ocorreu por volta das 19h local (10h30, Brasília) nas cercanias de dois cinemas e junto a um parada de ônibus no bairro de Dilsukhnagar, onde fica um mercado de frutas e verduras e situado a cerca de 15 quilômetros do centro urbano.

A segunda explosão aconteceu cinco minutos depois na mesma zona, de acordo com a fonte consultada pela Efe.

Alguns meios de comunicação indianos informam sobre três detonações e 15 mortos, sem precisar suas fontes.

Por enquanto, as autoridades desconhecem a causa das explosões, mas de acordo com os primeiros indícios, se trata de uma ação terrorista.

Em 2007, duas explosões quase simultâneas deixaram 42 mortos no pior atentado da história da cidade.

A populosa Hyderabad, com cerca de sete milhões de habitantes e capital do estado de Andhra Pradesh, é um dos centros da indústria informática do país asiático.

A Índia costuma ser palco de atentados terroristas, geralmente cometidos por grupos radicais de corte islâmica e hindu, embora nos últimos meses não tenham sido registradas ações violentas.

No último dia 9, as autoridades indianas executaram o caxemiriano Afzal Guru, que as forças de segurança vincularam com um ataque ao Parlamento indiano ocorrido em 2001, e desde então alguns grupos armados ameaçaram perpetrar atentados. EFE

Carregando...

YAHOO NOTÍCIAS NO FACEBOOK

Siga o Yahoo Notícias