FIFA confirma presença do Equador na Copa do Mundo

Byron Castillo defendeu o Equador em oito jogo das Eliminatórias para a Copa do Mundo do Catar. Foto: José Jácome/AFP via Getty Images
Byron Castillo defendeu o Equador em oito jogo das Eliminatórias para a Copa do Mundo do Catar. Foto: José Jácome/AFP via Getty Images

O Equador estará na Copa do Mundo, conforme decidido pelo Comitê de Apelação após a denúncia apresentada por Chile e Peru pela situação de Byron Castillo.

É possível recorrer junto a Corte Arbitral do Esporte (CAS), mas a proximidade da Copa do Mundo coloca em dúvida se uma possível decisão contrária poderia prosperar.

Leia também:

O Comitê de Apelações da FIFA decidiu sobre os recursos interpostos pela Federação Chilena de Futebol (FFCH) e pela Federação Peruana de Futebol (FPF) contra a decisão adotada pelo Comitê Disciplinar da FIFA sobre a possível violação por Byron David Castillo

O jogador participou com a seleção nacional da Federação Equatoriana de Futebol (FEF) em oito partidas das Eliminatórias a Copa do Mundo do Catar 2022.

Após análise da documentação recebida das partes e realização da audiência correspondente, a Comissão de Apelação ratificou a decisão da Comissão Disciplinar de arquivar o inquérito do processo instaurado contra a FEF.

"Tendo analisado as alegações de todas as partes e após a realização de uma audiência, o Comitê de Apelação confirmou a decisão do Comitê Disciplinar de encerrar o processo instaurado contra a FEF", disse a Fifa em comunicado.

Com base na documentação recebida, entre outras considerações, estimou-se que o jogador deve ser considerado portador de nacionalidade equatoriana permanente, de acordo com o art. 5, par. 1 do Regulamento de Aplicação dos Estatutos da FIFA.

As decisões da Comissão de Apelação foram notificadas nesta sexta-feira (16) às partes afetadas. Esta decisão está sujeita a recurso para o Tribunal Arbitral do Desporto.