Fifa deveria tirar time na Copa por causa de jogador irregular?

Após denúncia da Associação de Futebol do Chile, a Fifa abrirá uma investigação contra a Federação Equatoriana de Futebol para averiguar uma possível irregularidade na escalação de Byron Castillo em oito jogos das Eliminatórias da Copa do Mundo 2022. O jogador teria nascido na Colômbia, mas teria falsificado uma certidão de nascimento no Equador dois anos depois.

O atleta de 23 anos cresceu no Equador e sempre atuou pelas seleções de base do país, jogando atualmente no Barcelona de Guayaquil. Caso a falsificação seja comprovada, o Chile pede que o Equador perca todos os jogos nos quais Castillo atuou, fazendo assim com que o Chile ganhe uma vaga na Copa do Mundo, ultrapassando Peru e Colômbia, seleções contra as quais Castillo não atuou. Veja análise no vídeo acima.

Veja mais de Alexandre Praetzel no Yahoo Esportes

>> Ouça o 'Segunda Bola', o podcast do Yahoo com Alexandre Praetzel e Jorge Nicola

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos