Fifa revela cidades que sediarão a Copa do Mundo de 2026 no Canadá, EUA e México; veja lista

Matéria em atualização...

A Fifa anunciou, nesta quinta-feira, as cidades-sede da Copa do Mundo de 2026, que acontecerá nos Estados Unidos, México e Canadá. Será a primeira edição do Mundial com 48 seleções.

No total, devem ser 16 sedes, sendo 10 nos Estados Unidos. Há a expectativa de que as seis cidades de Canadá e México (três de cada), que se candidataram, serão escolhidas. Ao todo, 22 cidades se candidataram e aguardam a decisão da entidade nesta quinta-feira.

São elas: Atlanta, Boston, Cincinnati, Dallas, Denver, Houston, Kansas City, Los Angeles, Miami, Nashville, New York/New Jersey, Orlando, Philadelphia, San Francisco, Seattle, Baltimore/Washington D.C, Guadalajara, Mexico City, Monterrey, Edmonton, Toronto e Vancouver.

—As cidades-sede serão absolutamente essenciais para garantir o sucesso da competição. Estamos ansiosos para trabalhar com eles para entregar o que será, sem dúvida, a maior Copa do Mundo da FIFA na história — disse Colin Smith, diretor de competições e eventos da Fifa.

O México já recebeu o Mundial duas vezes, em 1970 e em 1986. Na primeira delas, o Brasil foi tricampeão com uma das melhores seleções de todos os tempos; na segunda, 16 anos depois, a Argentina liderada por Diego Maradona se sagrou bicampeã do mundo. Os Estados Unidos também já foram palco da Copa: em 1994, o Brasil foi novamente campeão, celebrando o tetra com uma vitória nos pênaltis diante da Itália.

Sul-Americanos relançam candidatura

Argentina, Chile, Paraguai e Uruguai relançaram, nesta quinta-feira, a candidatura para sediar a Copa do Mundo de 2030. Membros das organização governamentais dos países firmaram acordo e oficializaram a candidatura, tendo o vice-presidente do Paraguai, Hugo Velázquez, como porta-voz do encontro em Assunção.

– Nosso objetivo é voltar a lançar a intenção dos quatro governos de levar adiante o Mundial de 2030 – disse Velázquez em entrevista coletiva após a reunião.

A ideia de sediar a Copa do Mundo de 2030 surgiu com o Uruguai, que deseja receber o Mundial 100 anos depois da primeira edição, que aconteceu no país. Posteriormente, Argentina e Paraguai foram somados ao bloco.

Portugal e Espanha também devem formar uma candidatura. Um bloco formado por Grécia, Bulgária, Romênia e Sérvia também chegou a se lançar pelo Mundial de 2030. A China é outro país que se movimenta para receber a Copa daqui oito anos. A expectativa é que a sede seja anunciada no fim deste ano, no Catar.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos