Filha de Messina Denaro, chefão da máfia italiana, se recusa a ter notícias do pai: 'não quero saber de nada'

Enquanto o mundo comenta sobre a prisão do chefão da máfia italiana Matteo Messina Denaro ocorrida na última segunda-feira, a filha do mafioso, Lorenza Alagna, vai na direção oposta. Quando questionada pela imprensa sobre a vida do pai, ela parece querer se afastar de assuntos relacionados a ele.

— Não quero saber de nada! — disse aos repórteres do Fatto Quotidiano.

Lorenza Alagna não carrega sobrenome de seu pai, seu nome é uma homenagem a avó Lorenza Santangelo, mãe do chefão preso. Apesar da homenagem, conforme noticiou o jornal italiano Il Messaggero, ela quer mostrar que não há relação alguma com o pai, assim como a ausência do sobrenome de Denaro

"Ela [Lorenza Alagna] faz questão de mostrar que não há envolvimento, não há curiosidade, que ela é diferente do chefe assassino", escreveu o jornal.

Pai e filha nunca se conheceram e ao que tudo indica Lorenza Alagna deseja que assim continue. Ela é fruto do relacionamento do Mafioso com a irmã do contador de confiança de Carmelo Patti, um empresário italiano com ligações com a máfia. De acordo com o Il Messaggero, Alagna viveu em Castelvestrano, na Sicília, com a mãe. Hoje, com 27 anos, tem um filho que também não possui o sobrenome do avô.

Ao ser procurada por jornalistas há alguns anos, após uma postagem enigmática e nostálgica no Facebook, ela apresentou a mesma resistência de hoje.

— Não quero ser o centro das atenções! Você tem que fingir que eu não existo — ela teria dito, contou o Il Messaggero