Filha de Paulo José, atriz Bel Kutner fala da morte de Flávio Migliaccio: “Presente no imaginário de muitas gerações”

1 / 3

23ee784d-4f1f-419e-b47c-4cf8883ad3fa.jpg

Bel Kutner fala da morte de Flávio Migliaccio: "Presente no imaginário de muitas gerações”

Filha do ator, roteirista e diretor Paulo José, com quem Flávio Migliaccio estrelou o seriado ‘Shazan, Xerife e cia.’, a atriz Bel Kutner conversou com o EXTRA sobre a morte do ator de 85 anos, na última segunda-feira.

Bel comentou a proximidade de Flávio com sua família e lamentou a perda. “Estamos todos muito tristes. O Flávio era uma pessoa muito próxima, papai e ele fizeram uma dupla que tá no nosso imaginário, presente na infância de muitas gerações. Só posso dizer que sinto muito, rezo por ele, pela luz dele... Ele sempre vai estar na história da família, estamos todos muito consternados”, comentou.

Questionada sobre o momento da pandemia causada pelo novo coronavírus, Bel refletiu sobre a importância da solidariedade. “O mais importante é não pensar em si mesmo, mas na situação global. Tentar ajudar o maior número possível de pessoas e buscar soluções para uma sociedade tão injusta como a nossa”, afirmou.

Prestes a estrear como Celestina em ‘Nos tempos do imperador’, trama das seis da TV Globo que teve lançamento adiado pelo coronavírus, Bel se mantém esperançosa para a cura da Covid-19 e a volta à rotina. “Vamos retomar os trabalhos assim que tudo isso passar. Na esperança de que achem um tratamento para os que estão infectados e, no futuro, a vacina”, disse ela.