Filhas gêmeas de Gugu são emancipadas em meio a disputa sobre herança

·1 minuto de leitura

RIO — Marina e Sofia, de 17 anos, filhas do apresentador Gugu Liberato, foram emancipadas pela mãe, a médica Rose Miriam di Matteo. As duas agora são capazes de tomar decisões judiciais por si mesmas e contrataram o advogado da mãe, Nelson Willians. As informações são da jornalista Mônica Bergamo, da "Folha de S. Paulo". Segundo a coluna, as gêmeas estão insatisfeitas com a falta de informações sobre o processo de inventário e a administração dos bens do apresentador, morto em novembro de 2019.

Marina, Sofia e Rose estiveram reunidas com o advogado na última sexta-feira. As gêmeas querem que seja feita uma auditoria independente nas contas do inventário. Elas também querem depor diretamente ao juiz. As irmãs seriam a favor de um acordo e reconhecem a união estável entre Gugu e a mãe. Marina e Sofia têm direito a 63% da herança.

Mãe dos três filhos do apresentador, Rose luta na Justiça pelo o reconhecimento da união estável com Gugu Liberato e para ter direito a herança dele, avaliada em R$ 1 bilhão. O apresentador deixou postos de gasolina, terrenos, estúdios de TV, prédios comerciais e muitos outros imóveis, além de uma quantia de R$ 193 milhões no banco.

O processo de inventário é atualmente conduzido pela irmã de Gugu, Aparecida Liberato, e pelos advogados Dilermando Cigagna Júnior e Carlos Regina.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos