Filho de candidato que morreu em transmissão online substitui o pai e se elege no interior do Rio

ANA LUIZA ALBUQUERQUE
·1 minuto de leitura

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - Paulo Sérgio Travassos Cyrillo, 33, foi eleito prefeito de Bom Jesus de Itabapoana, no interior do Rio, após ter entrado na corrida eleitoral para substituir seu pai, Paulo Sérgio Cyrillo, que morreu na última quarta-feira (11) durante transmissão online. Cyrillo, 73, teve um mal súbito e não resistiu. O Republicanos, seu partido, entrou na Justiça Eleitoral com um pedido de substituição para que seu filho concorresse em seu lugar. O registro de candidatura está pendente de julgamento, segundo o site do TSE. Como a morte ocorreu a poucos dias da eleição, as urnas já estavam preparadas e não houve tempo para inserir a nova candidatura. Por isso, no dia da votação o eleitor encontrou o nome e a foto do pai, e não do filho. "Devido a fatalidade, o nome e a foto que vai aparecer na hora do voto é do pai, Paulo Sergio do Canto Cyrillo e de seu vice, mas ao votar no 10 você escolhe seu filho, Paulo Sergio Travassos do Carmo Cyrillo", diz texto compartilhado nas redes sociais pelo candidato. Travassos Cyrillo foi eleito com 32,98% dos votos, com pequena vantagem sobre o segundo mais votado, Roberto Tatu (SD), que teve 31,17%. O município tem menos de 200 mil eleitores e, por isso, não houve segundo turno.