Filho do cantor Nick Cave morre, aos 31 anos, dois dias depois de sair da prisão

O músico Nick Cave confirmou em um comunicado a morte do filho Jethro Lazenby, de 31 anos, nesta segunda-feira. O rapaz trabalhava como modelo.

"Com muita tristeza, posso confirmar que meu filho, Jethro, faleceu. Ficaríamos gratos pela privacidade da família neste momento”, escreveu o músico australiano, que preferiu não revelar a causa da morte.

Jethro tinha saído da prisão havia apenas dois dias, segundo o portal britânico The Sun. Ele estava detido por ser acusado de ter agredido a própria mãe, Beau Lazenby, em março, durante uma briga na casa dela, no Canadá. A imprensa australiana relatou que ele foi libertado sob fiança, mas que o juiz ordenou que o modelo passasse por tratamento contra o abuso de drogas.

Sean Ghattas, seu advogado, alegou que ele tinha esquizofrenia durante uma audiência. Jethro admitiu a culpa pelas acusações de agressão. Uma joelhada no rosto da mãe nesta ocasião teria causado hematomas.

Nascido em Melbourne, na Austrália, Jethro só soube que Nick era o seu pai quando tinha 8 anos de idade.

Outra tragédia

Há sete anos, Nick Cave também perdeu outro filho, Arthur, irmão de Jethro apenas por parte de pai. Segundo o inquérito, o adolescente de apenas 15 anos usou LSD e caiu de um penhasco em Ovingdean, próximo a Brighton, no litoral sul da Inglaterra.

A morte de Arthur aconteceu em julho de 2015 e inspirou o documentário "One More Time With Feeling", de 2016, e outros dois álbuns de Nick, "Skeleton Tree" e "Ghosteen".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos