Filho de Robin Williams revela frustração do pai ao descobrir doença

·2 minuto de leitura
NEW YORK - NOVEMBER 18:  Robin Williams and Zak Williams attend the Timo Pre Fall 2009 Launch with Interview Magazine at Phillips De Pury on November 18, 2008 in New York City.  (Photo by Jamie McCarthy/WireImage for Timo Wallets LLC)
Robin Williams e Zak Williams, abraçados, em evento realizado em 2009 (Photo by Jamie McCarthy/WireImage for Timo Wallets LLC)

Resumo da notícia:

  • Zak Williams, filho de Robin Williams, revelou em entrevista a frustração do pai ao descobrir que sofria de uma doença neurológica

  • O ator foi inicialmente diagnosticado com o mal de Parkinson, mas sofria, na verdade, de outra doença, a Demência com Corpos de Lewy

  • "O que vi foi frustração", contou o empresário

Zak Williams, filho de Robin Williams, revelou em entrevista a frustração do pai ao receber o diagnóstico equivocado de mal de Parkinson. O ator se suicidou em agosto de 2014, aos 63 anos, quando terminava as gravações de "Uma Noite no Museu".

Em entrevista ao podcast 'The Genius Life', Zak lembrou que o ator de "Sociedade dos Poetas Mortos" (1989) se sentia incomodado após ser diagnosticado com Parkinson - principalmente por acreditar que os sintomas identificados não eram compatíveis com a doença.

Leia também:

"O que vi foi frustração", contou ele. "O que ele estava sentindo não era parecido com a experiência de muitos pacientes de Parkinson. Então, acho que foi difícil para ele", apontou Zak, empresário de produtos com ingredientes naturais.

Após a morte de Robin Williams, foi descoberto que o ator estava certo na desconfiança: ele sofria com outra doença neurológica, a Demência com Corpos de Lewy, causada pela degeneração e morte das células nervosas do cérebro.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Tanto Parkinson quanto a Demência Com Corpos de Lewy são subtipos de demência incuráveis. As duas se diferem pelos sintomas, sendo a Demência marcada pela perda das funções cognitivas, como memória, concentração, atenção e comunicação. 

"Havia um problema de foco que o frustrava. Havia problemas associados a como ele se sentia e, de uma perspectiva neurológica, ele também não se sentia bem. Ele estava muito desconfortável", lembrou Zak.

Na entrevista, o empresário ainda disse que acreditar que os medicamentos prejudicavam a qualidade de vida do ator. "Essas drogas não são brincadeira. Elas também afetam bastante a mente e o corpo", completou.

"Não pude deixar de me sentir frustrado por ele. Isso pode nos isolar muito, mesmo quando estamos com a família e com entes queridos", finalizou Zak Williams, que recentemente admitiu que sofreu com depressão após a morte do pai.

Ouça o Pod Assistir, podcast de filmes e séries do Yahoo:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos