Filiação de Bolsonaro ao PL: evento terá tom de festa religiosa no Dia do Evangélico

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Jair Bolsonaro
    38.º presidente do Brasil
O presidente Jair Bolsonaro (Foto: AFP / EVARISTO SA)
O presidente Jair Bolsonaro (Foto: AFP / EVARISTO SA)
  • PL faz cerimônia de filiação de Bolsonaro amanhã

  • Evento será feito no Dia do Evangélico

  • Grupos religiosos deverão participar da cerimônia

O PL, partido de Valdemar da Costa Neto, fará nesta terça-feira (30) o evento de filiação do presidente Jair Bolsonaro ao partido em Brasília.

A cerimônia está marcada para 10h e, segundo informações do UOL, as celebrações em torno do Dia do Evangélico, comemorado no dia 30 no Distrito Federal, terão destaque na cerimônia.

Os detalhes ainda não foram divulgados, mas de acordo com o portal, grupos de fiéis de igrejas evangélicas do Distrito Federal teriam sido chamados para participar do evento e os contatos teriam sido feitos a partir de pessoas próximas da primeira-dama Michelle Bolsonaro.

Ela é evangélica e está envolvida em iniciativas sociais que têm relações com as igrejas. Além de fiéis, pastores e bispos poderão participar da solenidade de filiação do presidente Jair Bolsonaro.

Após polêmicas, Bolsonaro disse que filiação ao PSL estava quase certa

O presidente do PL, Valdemar Costa Neto (Foto: REUTERS/Adriano Machado)
O presidente do PL, Valdemar Costa Neto (Foto: REUTERS/Adriano Machado)

No último dia 10 deste mês, Bolsonaro havia afirmado que a filiação ao PL estava quase certa.

"Hoje eu vou conversar com o Valdemar da Costa Neto, presidente do PL. Uma última conversa com ele. Eu acho que nós devemos bater o martelo hoje. Estamos acertando um pequeno detalhe", disse Bolsonaro em entrevista à rádio Cultura do Espírito Santo.

O presidente destacou o que ainda precisava ser fechado e apontou a necessidade de ter uma candidato ao governo de São Paulo.

"Se eu vier a disputar a reeleição, eu quero ter um candidato ao governo do estado em São Paulo, um candidato ao Senado e uma boa bancada de indicados. E está faltando acertar esse pequeno detalhe com o Valdemar. E eu acredito que a gente acerte no dia de hoje", explicou.

Ainda sobre o assunto, Bolsonaro disse que iria "levar mais solução do que problemas" ao partido.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos