Filme 'Pureza' revela ator paraense Guto Galvão

·2 minuto de leitura

Guarde esse nome: Guto Galvão! Nascido em Belém e radicado no Rio, o paraense trocou a carreira de advogado pela de ator. Aos 26 anos, está colhendo os primeiros frutos dessa mudança, por conta de sua participação no filme "Pureza". Estrelado pela também paraense Dira Paes, o longa marcou presença em vários festivais internacionais ao longo de 2020, mesmo em época de pandemia. Na semana passada, por exemplo, "Pureza" participou do 42* Festival Internacional del Nuevo Cine Latinoamericano (@festivalcinehabana), na mostra Panorama LatinoAmericana, em Cuba.

Baseado em fatos reais, o filme dirigido por Renato Barbieri traz Guto no papel de Maranhão, um dos funcionários da fazenda onde o enredo se desenvolve. Dona Pureza, a personagem-título, consegue desmascarar um forte esquema de trabalho escravo nessa fazenda. Para gravar uma das cenas mais impactantes, Guto ficou pendurado de cabeça para baixo em uma árvore. "Foi desafiador em todos os sentidos", conta o ator ao Extra.


Até o momento, o longa participou de 23 festivais e recebeu o reconhecimento de 15 prêmios internacionais e nacionais. "A escravidão e o racismo são heranças coloniais que não podemos mais tolerar ou silenciar em nosso tempo", afirma Guto, que estuda no Centro de Artes de Laranjeiras, a CAL.


Estreia em festival

"Pureza" estreou há exatamente um ano, no badalado Festival do Rio, concorrendo com o pernambucano "Fim de Festa", de Hilton Lacerda, que acabou premiado pelo júri oficial com os troféus Redentor de melhor filme de ficção e melhor roteiro. Para Guto Galvão, o cinema feito no Recife é um dos mais interessantes do país. "Eu sou fã do Kleber Mendonça Filho, já vi cada trabalho dele pelo menos umas cinco vezes".


Vivendo no Rio de Janeiro desde 2017, o ator - em tempos pré-pandêmicos - adorava passear pelo centro e ver shows no Circo Voador. "Adoro música. Gosto de cantar, já fiz alguns musicais. Quando vou a um show, gosto de perceber o cantor como um ator", frisa o fã de Duda Beat, Céu e Almério.

Além do filme "Pureza", Guto também pode ser visto no clipe "Quem Não Te Quer Sou Eu", de Fafá de Belém, além de ser embaixador do "Esquadrão do Amor", da marca Sazón, com ações veiculadas no canal da marca no YouTube. Atualmente, ele grava em Belém uma série de clipes para a Banda Pentral, com temática amazônica e direção de Roger Elarrat. "É muito bom poder usar a arte para falar dessa região, que é tão rica, mas anda tão maltratada", enfatiza.